Novos loteamentos impulsionam crescimento

Nos últimos três anos, Executivo legalizou 222 terrenos na área central

A qualidade de vida, baixos índices de criminalidade, atendimento qualificado na educação e na área de saúde, faz o município receber novos moradores cada dia. A expansão urbana é notória e reflete em novos investimentos no setor imobiliário.
Conforme dados da Secretaria de Planejamento, desde 2016 foram legalizados 222 terrenos. Segundo o secretário Vianei André Noll, para estimular o crescimento da cidade é fundamental ter novas áreas legalizadas onde possam ser construídas casas e prédios. "No futuro teremos mão de obra para atrair indústrias e assim fortalecer o comércio e serviços. Com mais circulação de pessoas, a economia cresce", afirma.
Noll destaca a importância de fazer o processo de forma ordenada e dentro das leis vigentes. "Teremos um município planejado e com boa infraestrutura. Além disso, será possível encaminhar financiamento bancário, o que facilita a construção", aponta.
Atualmente no Centro existem 250 moradias e cerca de 200 terrenos totalmente escriturados disponíveis para venda. Nos próximos anos, com o andamento dos processos, o número de terrenos escriturados chegará a quase 300 unidades disponíveis. "Vamos duplicar a população central", projeta.


Pronto para morar


O casal Ilmo Troller e Marcia Terezinha Ely decidiu lotear uma área de 17 hectares faz quatro anos. Hoje possuem 139 terrenos legalizados e escriturados, cujas dimensões variam de 12x30 a 20x30, prontos para receber novos moradores. "Não tinha opções para quem quisesse construir, por isso resolvemos investir. É uma forma de estimular o crescimento do município e da economia", afirma Ilmo.
Marcia destaca a infraestrutura do local. Parte das ruas é pavimentada, com canalização e iluminação. "É perto de tudo, escola, mercado e posto de saúde. A cidade é muito tranquila e possui excelente qualidade de vida", destaca.
Cada terrenos custa entre R$ 50mil e R$ 98 mil. Além do financiamento bancário, é possível negociar diretamente com o proprietário ou o loteador. "Cobramos uma entrada e o restante parcelado em até 60 meses", explica.


Áreas regularizadas


Loteamento Troller – 74 lotes
Loteamento SMB – 66 lotes
Loteamento Persch – 53 lotes
Loteamento Hubner – 15 lotes
Desmembramento Nied – 5 lotes
Desmembramento Feil – 3 lotes
Desmembramento  Krumenauer – 3 lotes
Desmembramento Mittelstaed – 3 lotes


Total – 222  terrenos desde 2016


Em andamento


Loteamento Blumengarden – 71 lotes
Regularização Groders –  11 lotes
Desmembramento Hubner – 5
Total – 87 lotes


Fonte – Secretaria do Planejamento


Fotos e texto Giovane Weber – Assessoria da Comunicação da Prefeitura de Forquetinha