Secretaria distribui cheque incentivo à produtores

Valor é aplicado na compra de ureia e sementes de forrageiras. Auxílio varia de R$ 82,37 a R$ 373,82

 

 

Ao apresentar o talão de produtor com as contra notas de vendas registradas em 2017, o agricultor recebe um cheque incentivo para a compra de ureia e sementes de forrageiras.

Conforme a responsável pelo levantamento, Franciele Allebrand, até o dia 28, quando termina o prazo de apresentação, devem ser recadastrados em torno de 700 talões. “O valor do incentivo varia de acordo com a movimentação financeira registrada”, destaca.

Quem movimentou acima de R$ 2.534,36 recebe um auxílio de R$ 82,37 para compra de ureia e o mesmo valor para adquirir sementes de forrageiras. Já quem atingiu valores acima de R$ 50 mil recebe um bônus de R$ 329,46 para compra de insumos e mais R$ 373,82, para investir em forrageiras.

Segundo Franciele, para receber o crédito, é preciso entregar até o dia 31 de março as notas fiscais referentes à compra dos produtos, em nome do proprietário do talão. Mesmo que não tenha efetuado venda ou compra em seu talão no ano passado, o agricultor deverá apresentá-lo a fim de constar nos arquivos do município e do Estado e não ser considerado omisso. Isso levaria à suspensão dos benefícios municipais e poderia provocar o cancelamento automático da Inscrição Estadual.

O prefeito Paulo José Grunewald cita o desenvolvimento de 40 programas de incentivo no setor primário. “Este setor, responsável em gerar 74,51% da arrecadação, recebe toda nossa atenção”, afirma.

Em 2017, o programa distribuiu aos produtores mais de R$ 142,4 mil. Por ano são gerados R$ 31,6 milhões de valor adicionado. Existem 922 propriedades. São 336 produtores de leite (7,4 milhões de litros de leite ao ano), 32 chiqueiros e 17 aviários.

“Auxílio é bem vindo”

Waldir Ruppenthal, 56 anos, da localidade de Vila Brass destaca a importância do incentivo. Produtor de leite reclama da desvalorização da atividade. “Ganhamos R$ 0,87 por litro no último mês. Esse incentivo do município ajuda a diminuir os custos”, avalia.

Ao todo ele recebeu um incentivo de R$ 519 pelas vendas registradas no último ano. Elogia os programas desenvolvidos pela Secretaria da Agricultura e Obras. Além da recuperação de acesso, recebeu ajuda na confecção da silagem. “Conseguimos economizar quase 50% no valor gasto com o serviço, quando comparado com o preço cobrado por particulares por hora”, calcula.

Fique atento

        Tabela de valores

Incentivo de ureia 

Incentivo semente de forrageira

R$ 2.534,36 até R$ 7.603,13

82,37

82,37

R$ 7.603,14 até R$ 15.206,22

164,73

190,08

R$ 15.206,23 até R$ 50.687,40

247,10

272,44

Acima de R$ 50.687,41

329,46

373,82