Prioridade é qualificar atendimento em saúde

Dulce Veruck, 62, de Bauereck, está em tratamento contra a depressão, colesterol e diabetes. Regularmente se desloca à Unidade de Saúde para fazer as consultas, participar dos grupos de terapia e a efetuar retirada de medicamentos. “A saúde sempre foi ótima. Os médicos são atenciosos e a equipe muito qualificada. Não temos do que nos queixar”, elogia.


Segundo Dulce, o acompanhamento de profissionais capacitados e a interação em grupo fez o uso diário de remédios cair em 80%. “Só tomo mais um contínuo. Esse convívio, o diálogo e as rodas de conversa nos faz sentir melhor. Tive muitos problemas familiares e graças ao excelente atendimento prestado aqui consegui superar”, revela.


A industriaria Juliana Heineck Stöhr, levou o filho Dionathan Wellington para uma consulta por causa da gripe. “Me avisaram de meio dia que ele estava passando mal. Liguei para ver se tinha médico e logo fomos atendidos. Que está doente tem pressa. A agilidade é fundamental”, destaca.


Elogia o fato da Unidade dispor de atendimento médico todos os dias, inclusive em horários diferenciados para aqueles que trabalham na indústria, lojas ou comércio. “Facilita e assim evitamos de faltar no emprego”, comenta.


Conforme a secretária de Saúde, Heidi Grunewald, ao assumir a pasta uma das prioridades foi qualificar o atendimento oferecido pelos profissionais e acompanhar de perto cada paciente. “Nos esforçamos para conseguir ajudar a todos da melhor maneira possível”, afirma.


Entre os avanços destaca o atendimento diário de médicos na unidade. “Ainda realizamos visitas domiciliares aos pacientes com dificuldade de locomoção ou acamados”, ressalta. Por semana são realizadas em torno de 170 consultas com clínicos gerais, pediatra, médica psiquiatra, psicóloga e ginecologista.


Também são mantidos convênios com hospitais da região (Marques de Souza, Lajeado, Arroio do Meio, Estrela e Teutônia) para atendimentos de urgência e emergência. Além disso, muitos pacientes são encaminhados para consultas e exames à Porto Alegre e demais hospitais do estado, dependendo do caso. O serviço é prestado de forma gratuita. “Buscamos e levamos para casa em casos mais graves”, observa.


Mais qualidade de vida


 O prefeito Paulo José Grunewald destaca o investimento de 18% da arrecadação municipal na área da saúde. “Nossa meta é proporcionar mais qualidade de vida à população. A saúde precisa estar em primeiro lugar sempre. Fazemos um trabalho preventivo a fim de reduzir o número de consultas e a distribuição de remédios”, enfatiza.


Entre os projetos a serem colocados em prática destaca a reabertura do Cras e a formação de grupos de trabalho com idosos. Segundo Grunewald, o município é reconhecido no país pela organização e desenvolvimento de programas na área de saúde, o que reflete diretamente no aumento do bem estar das pessoas. “Comprometimento, trabalho, agilidade e profissionais qualificados para atender as necessidades de cada munícipe é a nosso compromisso diário em todas as pastas”, finaliza .


 Horários


 Segunda-feira


 7h30min às 11h30min – 13h às 17h – clínico geral Luis Fernando Lemes


 Terça-feira


 7h30min às 11h30min – clinico geral Rafael da Silva e ginecologista Nander Xavier (necessita de agendamento prévio)


 - 13h às 17h – clinico geral Djacir de Lima Freitas e visitas domiciliares com o médico Rafael da Silva. A pediatra Vanessa Xavier atende sob agendamento prévio.


 Quarta-feira


 7h30min às 11h30min – 13h às 17h - clinico geral Rafael da Silva e coleta de citopatológico com enfermeira sob agendamento prévio.


 Quinta –feira


 7h30min às 11h30min - clínico geral Luis Fernando Lemes


13h às 17h - clinico geral Djacir de Lima Freitas


 Sexta-feira


 7h30min às 11h30min - clínico geral Luis Fernando Lemes


13h às 15h30min - clinico geral Djacir de Lima Freitas


Das 7h30min às 11h30min - atendimento da médica psiquiatra Cyntia Luneli sob agendamento prévio


A partir das 15h30min a unidade é fechada para reunião com a equipe


 Observação - Testagem rápida para HIV, Sífilis, hepatite parfa gestantes, parceiros e população geral preferencialmente às quinta-feira de manhã. Não é preciso ter prescrição médica para realização dos testes.


 Saiba mais


 A equipe de saúde é composta por quatro motoristas, quatro enfermeiros, dois recepcionistas, uma auxiliar de enfermagem, dois estagiários, dois dentistas, duas assistentes sociais, três clínicos gerais, um ginecologista, uma pediatra, uma médica psiquiatra, uma psicóloga e três serventes.